sexta-feira, 27 de julho de 2012

já dizia o boss ac, a "inveja é um sentimento muito feio" .



fui sempre, honestamente e mesmo em miúda, muito pouco invejosa daquilo que os outros tinham. nunca quis saber se eram ricos e eu não, se tinham melhor roupa que eu, ou mais brinquedos. não tinha, nem tenho, sequer cabeça para pensar nisso, na inveja. há outros sentimentos que desejo mais e que me preenchem melhor. e, bem, acredito que qualquer pessoa que experiencie esta emoção não o faça por querer, mas mesmo assim, tento afastar-me deste tipo de nergias negativas - sou muito zen, portanto - o máximo que posso.

é claro que já vi o seu fogo preencher outros. de modo quase cego, fazem tudo o que podem para deitar abaixo o objeto de inveja, quando por ela se vêm obstruidos. é triste, na minha opinião, mas, como disse, tento dar sempre o benefício da dúvida; afinal não somos perfeitos, nenhum de nós; nem eu mesma .

acontece que, fico grata por nunca ter julgado quem se viu movido pela inveja. porque, tal como aos outros, também mais tarde na minha vida, e há muito pouco tempo, acabei por experienciar o mesmo tipo de sensação. não vos sei dizer a cor da inveja - talvez verde, talvez não - mas houve hoje e já em outras ocasiões, um laivo de sua graça que me invadiu o espírito e me fez ver coisas feias. coisas que, sinceramente, não gosto de visualizar e que me relembram sempre os malvados do desenhos animados, como aquele d'os incríveis - no mínimo, ridículo!

e o motivo é sempre o mesmo. não a roupa, não o dinheiro, não a beleza ou o sucesso escolar - são triunfos pessoais que me passam ao lado - mas o sucesso, no mundo que mais quero e mais obviamente secretamente desejo.

não devia sentir-me assim, com o que os outros alcançam com suor, esforço e muito, muito desgaste mental. é feio e deixa-me triste comigo mesma. mas não consigo evitar. quando o assunto é o meu maior sonho, é-me difícil evitar. e logo a inveja, que é um "sentimento muito feio".

2 comentários:

  1. Não sei se já viste, mas fiz um video e apareces lá :)
    Beijinho.

    ResponderEliminar

A tua opinião conta, e eu conto com ela,

Ninna (: