quinta-feira, 21 de junho de 2012

educação física vai (mesmo) deixar de contar para a média de acesso ao ensino superior




eu concordo. honestamente, sem medos que me atirem pedras ou flechas ou o que quer que seja, eu concordo com a medida.
e sabem porquê?
sim, é verdade que não sou boa aluna a educação física. sou péssima, na verdade. corro pouco (e mal) - embora tenha melhorado muito, com a ajuda de uma amiga minha e do meu namorado, todos atletas. falho serviços em badminton. tenho dificuldades em bloquear remates. não sei fazer a cambalhota para trás. nem o pino. nem a roda. nem outros cinco milhões de movimentos, seja de que desporto ou modalidade se esteja a falar. sou péssima.
mas sou ótima ao resto. o que, em balanço, faz com que o meu 13 merecido a educação física seja, em termos práticos, um 17. porque o conselho de turma obriga os professores de educação física a subir a nota da sua disciplina aos alunos que vão ver a sua média descer bastante devido à sua fraca destreza. 
e está toda a gente a dizer que é muito injusto educação física ser retirada da média, e o único argumento que dão é que é injusto, porque assim a média desce.
mas enquanto a nota contava, diziam que era injusto, porque eu mereço muuuito mais que os outros e os outros têm quase igual a mim.

sabem porque é que essa nota contar para a média é injusto, na minha humilde opinião? porque eu, que vejo a minha nota subida em quatro valores, acho isso mesmo injusto. só porque sou boa ao resto, sobem-me esta nota e praticam um mau ensino. 
mas digo-vos que se contasse para a média de acesso ao ensino superior e eu não entrasse em medicina, por exemplo, porque a nota de educação física, dada justa, me tinha impedido de aceder, por não sei quantas décimas, isso sim, gente, isso seria injusto. porque, para ser médica, não preciso de conseguir correr a maratona, nem preciso de saber fazer serviços, nem saber bloquear um ataque. preciso de saber biologia e anatomia e química e, pasmem-se, até português. 

no ensino secundário já somos crescidinhos o suficiente para perceber que temos de praticar exercício físico, se queremos ser saudáveis. não precisamos de uma nota na pauta para perceber se somos bons ou maus a determinada modalidade, ou pelo menos, nao devíamos precisar. porque as notas não se tratam de uma festinha no ego. tratam-se de selecionar pessoas, para que, quem nos atenda nos mais variados serviços, um dia, saiba ser um bom profissional. 

e, quanto a vocês não sei, mas eu prefiro um médico que me saiba explicar o que é que eu tenho; ou um biólogo português que escreva uma grande teoria; ou um químico fantástico que descubra a cura não sei para o quê, e a saiba publicar e defender; do que um médico, ou um biólogo ou um químico que tenha ultrapassado melhores possíveis profissionais, porque fez o teste de cooper em menos dois minutos que os outros.

mas quê, isso sou eu, uma miúda que não percebe nada de desporto, mas sabe contar sílabas métricas.

43 comentários:

  1. Eu podia ter escrito este texto! Sou como tu! Já que estamos na mesma área e no mesmo ano e revejo-me totalmente no que disseste!

    ResponderEliminar
  2. PS. : Está fantástico o texto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo,
      há tanta gente na nossa situação!
      PS.: obrigada (:

      Eliminar
  3. Eu apoio totalmente a tua opinião, apesar da minha nota ser alta a educação física na altura em que entrei para a universidade, só assim o era porque o professor nos dava as notas para ajudar à média, o que não acontece em todos os casos. Existem professores super exigentes, e esses não facilitam nada as coisas, pelo menos para mim que também era uma nódoa a EF :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, a minha professora é cuidadosa em relação a isso, é exigente, mas "dá" as notas, literalmente ! isso para algumas pessoas, como eu, passa por favorável, mas há muita gente a não achar piada nenhuma a essa situação.
      outros professores há que acham que temos de ser atletas olímpicos ;b e com esses é tudo uma desgraça !

      Eliminar
  4. Pois eu, discordo da tua opinião... Sinceramente, um bom médico, um bom professor, um bom-qualquer-coisa, não é só bom porque entrou na faculdade com grandes notas...
    E falo de mim, não tive a melhor média do mundo, porque as minhas notas nunca foram muito altas, mas em contrapartida, a disciplina de EF aumentou-me MUITO a média porque eu sempre fui MUITO BOA à disciplina... E ter uma média mais baixa, não faz, nem fez de mim mais ou menos (in)competente do que aqueles que entram na faculdade com grandes médias, e que acabam por ser péssimos profissionais.
    A disciplina de EF ajuda E MUITO pessoas como eu, que por um motivo ou por outro não têm grandes notas e médias para entrar na faculdade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lia, a questão aqui não foi essa; eu sei que há pessoas a quem a disciplina de ed. física ajuda imenso, na nota - conheço muitas. e não estou também a dizer que os bons profissionais são aqueles que entram na faculdade com grandes médias, não foi isso que quis dizer (se é isso que dou a entender, não é intenção).
      agora, o que é certo, é que eu, se quiser entrar para medicina, tenho de ter grande média, isso sim. não disse se concordava ou não com isso, na verdade não concordo, mas é a realidade, tenho de ter grande média.
      e o que é certo é que há muita gente muito boa a ed. física que se sente injustiçado porque os outros, menos bons, como eu, têm notas parecidas com as deles, quando essas notas não são merecidas. assim, já não há problemas - a disciplina continua a ser dada, continua a ter nota, mas só conta para a média daquelas pessoas que quiserem seguir desporto, da mesma forma que, para mim, se quiser seguir medicina, conta mais a nota de biologia, matemática e química do que as restantes.

      já sabia que o post ia causar polémica. afinal, não temos todos as mesmas opiniões sobre cada assunto. mas o que seria feito do amarelo se as opiniões não divergissem? ;b

      Eliminar
    2. boa tarde.... voces têm de perceber uma coisa... se queremos ser bons a alguma coisa, so com bastante esforço e determinação é que conseguimos, no caso da educação fisica a maior parte dos alunos que querem medicina, por vezes têm dificuldades sim, mas nem se empenham para conseguir fazer... so dizem nao consigo, quando se pede para tentar, nem sequer tentam.... por isso se são bons ás outras disciplinas porque estudam e se esforçam, tambem têm obrigação de se esforçarem a educação fisica pois é uma disciplina como qualquer outra... aqui so estao a desvalorizar a disciplina, o mal disto é que as pessoas pensam que educação fisica é so correr e aprender umas modalidades... quando tiverem um entendimennto melhor e mais conciso vao perceber o que realmente é a educação fisica, e quais os seus beneficios, bem como a sua importancia...

      Eliminar
  5. Adorei o blog :)

    Obrigada por me defenderes lá no shiuuu...é mesmo muito feio...sem sequer conhecerem a minha história...

    Enfim...
    (se quiseres deixa o teu mail para eu te mandar o endereço do meu blog)

    Bjs e obrigada :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónima ,

      de nada c: eu só acho que não se deve julgar as pessoas - ponto final - mas muito menos sem se saber as suas histórias c: e, para além disso, acho que o shiuuu, então, não foi mesmo criado para esse tipo de finalidades. enfim...

      o endereço de e-mail está no final da página do blogue, no centro, mas eu volto a deixá-lo aqui:

      ninna.jules@gmail.com

      beijinhos e obrigada eu (:
      (não só por teres vindo visitar o meu blogue, mas também por teres vindo agradecer o apoio :D )

      Eliminar
  6. Se calhar antes de se chegar a esta fase do secundário, os alunos já deveriam ter tido a hipótese de escolher as disciplinas que estivessem mais directamente relacionadas com a área que querem seguir. Se E. Física fosse uma delas, pois que escolhessem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. por acaso acho que a disciplina em si é essencial, por promover a prática de exercício físico. e não sei até que ponto escolher o nosso futuro todo, assim, tão cedo e de forma tão brusca, nos poderia ser favorável - já acho que somos tão novos para nos restringir a uma área, quanto mais a determinadas disciplinas mesmo específicas s:

      mas não sei, se calhar sou só eu, que nunca soube bem o que fazer da vida xD

      Eliminar
  7. Na minha altura a nota de educação fisica não contava para média! No meu caso até me favorecia porque sempre fui boa mas infelizmente na altura não apanhei essa medida. Quando surgiu essa medida ouvi dizer que os alunos poderiam escolher se queriam que ed.fisica entrasse ou não para a média!!! Já não sei bem ...

    Pessoalmente acho que devia contar para média porque tratasse de uma disciplina como outra qualquer e ao exclui-la parece que estamos a desvalorizar a disciplina e os alunos ao saber disso não se esforçam tanto (os meus colegas diziam: "para quê esforçar se a nota não conta"). Todos temos as nossas áreas de interesse, uns gostam mais de números, outros de letras e todos têm que se esforçar par tirar boas notas àquelas disciplinas que não são tão bons por isso a educação fisica não devia ser excepção.

    Mas sim, concordo, acaba por ser injusto "darem" notas altas a quem não é tão bom. Mas isso o erro é dos professores. Compreendo que o façam nas melhores das intenções mas acabam por não serem justos.

    Bjokas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, a questão torna-se mesmo polémica exatamente por isso, eu acho. é que acaba por se dar menos valor a esta disciplina que às restantes. mas também é um facto que há simplesmente pessoas que não nasceram para ser atletas, e às vezes nem se trata de áreas de interesse; posso gostar muito de uma coisa e simplesmente não ser bom a essa coisa. e seria ridículo pedir a um aluno para dispensar horas de estudo para praticar exercício físico, de forma a treinar para a disciplina. pelo menos é o que eu acho s:

      beijinhos (deves ser daquelas pessoas que mais comentam o blogue e eu raramente respondo. não é por mal, é mesmo porque normalmente opto por não responder aos comentários, porque não costumo ter tempo. agora nas férias é que acabo por conseguir fazer esse tipo de coisas) c:

      Eliminar
  8. O texto reflecte exactamente a minha opinião xD
    Mas tenho uma dúvida acerca desta questão e gostava que alguém me pudesse esclarecer.
    Sou estudante do secundário e ando no 11º ano. A mim a nota de educação física desce-me bastante a média, pois ao contrário do que se passa contigo o meu professore não me pode subir muito a nota para não ser injusto com os outros alunos que são muito melhores que eu!
    Mas o que eu não sei é que alunos vão ser afectados por esta medida: aqueles que entrarem para o ensino secundário quando esta entrar em vigor, ou qualquer aluno, mesmo que tenha entrado para o 10º ano ainda no "regime antigo"!??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. susana,
      o que o meu diretor de turma nos disse foi que a medida era aplicada na média do 12º ano. o que significa que a nota de ed. física não conta, mesmo que já estejas a meio do secundário, para a média final.

      pelo menos é isso que eu desejo xD

      mas infelizmente não tenho 100% de certezas em relação à tua pergunta... :c

      Eliminar
    2. estive mais uma vez a pesquisar sobre isto e no site: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/ensino/educacao-fisica-vai-ter-norma-transitoria
      encontrei esta informação:

      "(Depois de a tutela ter confirmado ao CM que iria avançar com a medida já no próximo ano lectivo, geraram-se entre estudantes e pais dúvidas sobre a sua operacionalização, as quais não foram agora totalmente desfeitas.)

      O mais provável e lógico é que a medida se aplique apenas aos alunos que se matricularem no 10.º ano no próximo ano lectivo, continuando a contar para a média no caso dos alunos que já frequentam o secundário."

      Mas espero que seja como disseste ;)
      obrigada
      bjs

      Eliminar
  9. que boss. grande texto mesmo. 100% de acordo
    falando por mim, acho que muita gente queria ver esta medida aprovada, como se diz ''a nota de educaçao fisica na média tem vindo a ser um jogo de interesses para os aluns com notas baixas''
    adorei o blog, parabens :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hum... obrigada c:

      sim, acho que, pelo menos metade de nós, alunos, queríamos a medida . a outra metade é melhor a educação física que às restantes disciplinas XD

      Eliminar
  10. mas será que já conta para os alunos que se vão matricular no 11º ano ou 12º?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não tenho a certeza disso... mas espero que sim.

      Eliminar
  11. tenho que discordar com o texto inicial. A educação fisica é tão importante como a Matemática.Os alunos têm que ser distinguidos e valorados como tal; se sou melhor a Matemática tenho 19 ou 20 se pior a E.F. 13,14...e vice -versa.A destreza fisica e o esforço tem que ser distinguidos em relação aos que possuem mais destreza e raciocinio matemático. Aliás, os alunos que conheço a frequentar Medicina, os melhores, mais saudáveis mentalmente, vocacionados para a área e bons alunos tiveram que ser ases a matemática e não entraram por causa da nota de E.F. O nuno crato está a cometer um erro tremendo, terceiro mundista. Todos os países civilizados valorizam a disciplina...exceto portugal...corpo e mente tem que ser trabalhados em paralelo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é uma opinião forte e fundamentada, é certo (: se assim fosse eu concordaria que a disciplina continuasse a ter nota, era uma pena, mas pronto. o problema é que há desparidades na nota de educação fisica de grandes alunos (ou seja eu tenho grande média as restantes disciplinas, mas sou fraquita a ed. física e este ano saí com um 18 à disciplina ; colegas minhas , de igual forma fracas à disciplina, mas com média bem inferior à minha nas restantes disciplinas saíram com um 14. há que admitir que isto é injusto, não é?)

      mas sim, é um facto, corpo e mente deve ser trabalhado de igual forma, nisso tenho de concordar.

      Eliminar
  12. Discordo da tua opinião. Se educação física é vista como disciplina de brincadeira é porque neste país o permitem. Acho que deviam investir mais no desporto, desta forma estão a desvalorizá-lo. Educação física é tão importante como outra disciplina qualquer. E a maioria dos alunos são bons a educação física, e os que não o são têm de aguentar-se com isso. Porque por exemplo, no meu caso, tenho uma média boa, e só tenho uma nota menos boa a física e química. E não vou seguir física nem química, seguindo a tua lógica, não preciso de física e química, não deveria contar na média, e claro, conta. E é a única disciplina que me desce a média. Sem essa nota, a minha média sobe 1 valor. Eu odeio física e química, e a minha stora, sinceramente, também não ajuda a motivar-me.
    Acho que não deveriam desvalorizar educação física, porque o nosso país é o único que não a valoriza, e há pessoas que não têm oportunidade de fazer desporto fora da escola, há alunos que não gostam da disciplina, como tu por exemplo, e educação física serve para motivar-nos, para investir no desporto. Porque nós temos grandes e bons atletas, Portugal é muito bom em deporto. Mas sinceramente, com esta medida estão a desvalorizá-lo nas escolas.
    Mas concordo que é injusto subirem a nota de ed física a pessoas que têm excelentes notas e esta lhes desce a média. Acho que deveriam dar a nota que merecem e pronto, independentemente da média. Como já disse, a mim só fq me desce a média e a stora não me sobe por isso, como é óbvio. Aconteceu na minha turma, uma rapariga que praticamente não faz nem sabe fazer nada tirou 18 porque caso contrário descia-lhe a média. O professor aumentou-lhe 2 ou 3 valores na média que seria justa; e nós, os que somos realmente bons à disciplina ficamos com 17 ou menos. Se lhe deu o 18, deveria ter dado 19 aos que mereciam, porque são realmente melhores que ela nesta disciplina, porque seria o justo.
    E pelo que eu li na net foi esta a justificação que deram, que descia a media a alunos com notas excelentes.
    Sinceramente acho disparatado, tanto a medida como a respetiva justificação. Se dependesse de mim educação física contaria na média.

    Mas enfim, são opiniões diferentes :)

    ResponderEliminar
  13. exatamente, são mesmo opiniões diferentes c:

    a cena é que, por exemplo, tenho colegas meus que acham que, se há pessoas menos boas a ed física, deviam treinar para ser bons, como os que são maus, por exemplo, a fq, fazem. o que eu acho é que o intelecto é sempre possível treinar. o nosso cérebro está pronto para ser sempre esticado, mais e mais. mas quanto à ed física, há simplesmente indivíduos que não nasceram para ser atletas, que não têm qualquer tipo de capacidade física. e seria verdadeiramente disparatado, isso sim, na minha opinião, retirar tempo de estudo a uma disciplina de exame (e venha a opinião que vier, infelizmente é para isso que o nosso ensino está vocacionado) para se treinar ed. física.

    percebo o teu ponto de vista, mas acho que a medida não está assim tão disparatada... pá, mas é isso mesmo, são tudo opiniões c:

    ResponderEliminar
  14. Parabéns!
    Como alguns comentam que a e.f. lhes subia a média para entrar numa faculdade, então será a educação física que lhes dá habilitações para um curso de ciências, matemática, química? Ou e.f. é uma disciplina específica da área de desporto? Todos devemos praticar e.f., mas nem toos temos de ser desportistas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa observação
      Pela primeira vez uma medida acertada do ministério da educação. Espero que a medida se concretize já no próximo ano letivo.
      Parabéns ao ministro

      Eliminar
    2. Muita gente concorda que na EF se verificam grandes injustiças.Com a aprovação desta medida, muitas delas poderiam ser corrigidas.Parece que o ministro depois da movimentação do loby da EF recuou e só quer corrigir esta tremenda injustiça aos alunos que se inscrevem pela 1ªno 10º ano.Grande desilusão.

      Eliminar
  15. Este ano vou me candidatar à faculdade, e enquanto procurava uma especulação sobre as médias de admissão, relativamente a se estas poderão baixar devido à desgraça que foi o exame nacional de matematica, deparei-me com o teu blogue e li o teu texto.
    Começo por dizer que considero que, realmente, o sistema utilizado nas aulas de educação fisica não é o mais correcto. Durante anos fui mal avaliada, com notas abaixo do que realmente merecia, mas isso não é culpa do professor mas sim dos critérios que foram estipulados para a disciplina. Quando cheguei ao secundário tive professores em estágio, os quais têm de cumprir todas as regras e mais algumas, de modo que a minha avaliação final de 10ºano não foi a mais justa, atendendo a todo o esforço e empenho dedicados ao cumprimento de todas as tarefas propostas. Felizmente, tive um professor no 11º e 12º que sabia motivar os alunos, sabia que nem todos temos os mesmos genes e que cada um de nós deve ter objectivos diferentes. Em períodos de 4 em 4 semanas dialogavamos com o professor e ele dizia-nos onde estavamos mais fracos e como melhorar. Tive colegas com grandes capacidades fisicas a terem piores notas que aqueles alunos gordinhos e marrões que nunca devem ter dado uma pedalada numa bicicleta numa arde quente de verão, até terem este professor que os soube incentivar. O que interessa é que estes últimos estavam motivados e sentiam-se reconhecidos dentro das suas capacidades. A disciplina de Educação fisica é extremamente importante ao contrário do que todos possam achar. Sim, se calhar não foi muito boa para a minha média, mesmo assim há ue compensar no resto e a verdade é que: "Medicina aqui vou eu!". Importa é não desistir. O que falta é mudar o sistema de aulas e de avaliação,e não retirar do curriculo uma disciplina que é talvez a mais importante ao nível da saúde, tanto física como. Assim o que vai ser? Os alunos faltam quando querem, fazem o que querem? Na verdade até considero que é isso mesmo o que já acontece actualmente. Muitos queixam-se que não têm a nota merecida, mas o que os vejo eu a fazer?? NADA! encostam-se à sombra e dizem ao professor: "Eu não consigo" ou "Eu tenho medo de me magoar", "Estou cheio de dores de cabeça", "tomei um mau pequeno almoço" ou, por outras palavras, sou um preguiçoso e nem me dou ao trabalho de tentar! Para além do sistema de avaliação, que esse sim, e nisso dou-te razão, não é o correcto, a culpa é também dos pais que não incentivam os filhos a fazer exercício desde pequenos.
    Às pessoas que querem entrar em medicina e acham-se no direito de não ter educação fisica no curriculo como se isso não importasse para nada. Pois bem eu digo que é ridículo! Todos os dias ouço na televisão como a taxa de obesidade em Portugal aumenta de ano para ano, e a verdade é que o sedentarismo é um problema de saúde pública. Quando vou ao centro de saúde ou ao hospital vejo toneladas de cartazes e ouço sempre conselhos do médico para fazer exercício físico com regularidade, e os benefícios que isso acarreta a longo prazo. Deixem de ser preguiçosos e assumam responsabilidades! O que falta é um sistema de avaliação mais digno e que não inferiorize quem tem menos capacidades fisicas e não uma rebaldaria, que é o que vai acontecer com esta medida! Para mim, o ministro desiludiu-me muito, é melhor optar pelo caminho mais fácil em vez do correcto, porque esse, afinal, dá sempre mais trabalho. Este Portugal, desta maneira, não há meio de evoluir, disso podem ter a certeza!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. bem, é mesmo uma opinião forte e muito bem fundamentada! não tenho nada a dizer, é um facto, tens razão naquilo que disseste . olha, pronto, calaste-me xD

      Eliminar
    2. Parabéns pelo excelente texto, preocupa-me ver uma futura médica a pensar desta maneira. Qual será a sua moral em incentvar os seus doentes em realizar actividade física, quando não teve espriríto de sacrífio nas aulas de Educação Física!
      Por favor, o país está no estado que se encontra por causa do facilitismo, vejamos o caso do Relvas, é a imagem do nosso país!
      A matemática também não devia contar para a média dos alunos de Medicina, a não ser, para contarem o dinheiro que ganham no fim do mês. Menina Ninna os seres humanos são soma de um todo!

      Eliminar
    3. primeiro, ninguém te disse que eu sou uma futura médica, ainda não cheguei lá. depois, nunca ninguém te disse que não tenho espírito de sacrifício, muito menos na aula de educação física. há que ter conhecimento de causa, antes de comentar.
      por fim, acho fantástico que haja tantas similaridades entre grande parte dos anónimos que aqui comentam, é uma maravilha. facilitismo? estás a dizer, como por exemplo, facilitismo da tua atitude, de te esconderes por detrás do anonimato porreiro da internet? estou a ver, compreendo, deve ser mesmo mais fácil.

      e, mais uma vez, respondendo à tua dúvida em relação à matemática - que grande trauma! -os alunos de medicina, pelo menos na faculdado do porto, têm disciplinas como, bioquímica, farmacologia e anestesiologia, e julgo que, pelo menos nesta disciplina são necessárias bases de matemática. a matemática está presente na vida de qualquer indivíduo, seja qual for a sua carreira.

      e o mais engraçado é que é mesmo verdade, os seres humanos são a soma de um todo. o interessante é que sem a matemática a palavra soma nem faz sentido, já viste? é para perceberes o quão importante é.

      Eliminar
  16. "A média de Educação Fisica continuará a contar para a média do ensino secundário para os alunos que em 2012/2013 estejam matriculados nos 11º e 12º anos, esclareceu o Ministério da Educação e Ciência (MEC) num documento que procura responder às dúvidas existentes sobre a aplicação da nova estrutura curricular.
    Assim, no próximo ano lectivo, Educação Fisica só não contará para a média dos alunos matriculados no 10º ano. No mês passado, o MEC confirmou que a classificação naquela disciplina vai deixar de contar para o apuramento da média final dos alunos, não entrando assim em linha de conta para a nota com que se candidatam ao ensino superior. A medida, que tem sido contestada por professores do secundário e do superior, só abrangerá todos os alunos do ensino secundário no ano lectivo 2014/2015" in Publico

    (espero que isto resolva a tua dúvida sobre quando é que a nota deixa de contar)

    ResponderEliminar
  17. O Mundo é cheio de injustiças, não podemos agradar a todos.

    ResponderEliminar
  18. Gostava de questionar a menina que escreveu o texto para que serve a Matemática?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. uma vez que esta questão nada tem a ver com o post em si, não deveria responder. no entanto, e porque esta pergunta é apenas para provocar, apetece-me fazê-lo.

      a matemática é uma ciência criada pelo Homem e para o Homem. sem o Homem, não existiria a matemática.

      e a matemática é em tudo importante. não houvesse matemática, como poderias saber quantas maças estão no cesto? aliás, o termo 'quantidade' não faria sequer sentido, não poderia existir, não seria viável. não havendo matemática, como poderiam ter os romanos desenvolvido as estradas, a arquitetura a engenharia? como poderiam os gregos desenvolver o mundo do pensamento, do teatro, das artes? não havendo matemática, como poderia existir sequer o computador à frente do qual estás, neste momento, a ler isto sob a sombra do anonimato com que te escondes ?

      já para não falar do facto de a matemática estar presente, seja em que idade for, na vida de qualquer um de nós.

      e na matemática há regras que têm de ser aprendidas e bem aplicadas, para que toda a gente se possa entender - é verdade, é na matemática e na música (que na verdade é só matemática em forma de sons), qualquer pessoa, fale a língua que falar, se entende através delas.

      e, como esta discussão toda é devido á minha opinião no que toca às aulas de educação física, respondo já, dizendo que também a educação física é necessária. corpo são, mente sã.

      agora, fique o caro anónimo a saber que eu não nasci a saber matemática. mas porque na mente não há limites, foi-me ensinado a compreende-la e a aplicá-la da forma mais correta. e, assim, também eu me entendo com os números e a geometria.
      mas o corpo tem limites que não podem ser ultrapassados com duas horas de suor semanais. e que, a não ser que eu quisesse fazer disso a minha vida, não deveriam ser avaliados.

      nunca aqui disse que a educação física não era necessária, disse apenas que discordava completamente da sua avaliação.

      espero ter conseguido esclarecer a sua dúvida, caro anónimo.

      ps. talvez no dia em que decida saltar de trás do computador e dar a cara como os corajosos fazem possamos conversar acerca do quão inapropriada foi a sua questão, para a discussão em geral.

      Eliminar
  19. Mas esta regra só se vai aplicar para os alunos que começarem este ano no 10º ano, ou por exemplo um alune que já esteja na transição 11º ano - 12º ano, aplica-se também ?

    ResponderEliminar
  20. Olá! Isso do 13 e do 17 deixou-me a pensar... Na minha escola isso não existe. Já eu corro muito (mais que metade dos rapazes), sou razoável nos desportos, tenho a melhor nota nos testes de condição física e recebo um 14. E não por não ter as tais notas pelas quais os professores devem subir a nota, porque tenho de resto três 18 e três 19. Que posso eu dizer? Há escolas e escolas... Só sei que a minha nota de Educação Física prejudicará a minha suposta média de 18,5 por quase 7 décimas, passando para 17,86. Injusto? Sim. Obrigada.

    ResponderEliminar
  21. Muito obrigado, tinha de fazer uma avaliaçao de expressao oral para Portugues (9º ano) sobre se eu concordo se EF devia contar para a media, eu nao sabia que devia escrever, que opçao devia escolher, nem como justifica-la, estive a procurar na Net sobre opinioes e isso, tambem da jeito saber isto ja que vou para o 10º ano para o proximo ano, eu tenho 3/5 a EF por isso ainda bem na minha opniao que nao conta para media c:

    Muito obrigado!!

    ResponderEliminar
  22. esta medida aplica-se, portanto, ao aluno que esta no 10º ano, deste ano letivo?

    ResponderEliminar
  23. A medida aplica-se também nos que estão no 12º do ano letivo 2013/2014?
    É que tinham-me dito que não.

    ResponderEliminar

A tua opinião conta, e eu conto com ela,

Ninna (: